GEODOC - Catálogo bibliográfico de Geociências. Pesquisa: "LED Lisboa" + "LED Lisboa$" Resultados de 1 a 5 sobre 3808 encontrados.
Enviar resultados por:
Envio de resultados por email
  
impressão de resultados
  
Exportação de resultados para iso2709
  
Visualizar no formato:
Seleccionar resultados:
    

Autor: CUSTÓDIO, Jorge
Título: Mina de S. Domingos : território, história e património mineiro / Jorge Custódio
Publicação: Lisboa : SOCIUS, ISEG, 2013
Descrição física: 180 p. : il. ; 24 x 34 cm
ISBN: ISBN 978-989-96593-3-9 (brochado) : oferta
Nº do Depósito Legal: PT|365798/13
Assuntos: Património mineiro / Património industrial / História da mineração / Lavas / Caminhos de ferro mineiros / Epigrafia / Mina de S. Domingos (concelho de Mértola, Portugal)
Cota: 21-737LGM-NBAH 35888
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: PT|Lisboa



Marcar

CARTOGRAFIA E CARATERIZAÇÃO COMPOSICIONAL CERÂMICA DE ARGILAS COMUNS DA REGIÃO DE TORRES VEDRAS - BOMBARRAL
Título: Cartografia e caraterização composicional cerâmica de argilas comuns da região de Torres Vedras - Bombarral / J. V. Lisboa... [et al.]
Publicação: Lisboa : APG, 2015
Descrição física: [18] p. : il., 15 figuras e 2 tabelas ; 30 cm
Notas ed.e hist.bibliográfica: Sep. de: Geonovas, 28 (2014), p. 121-141
ISSN: ISSN 0870-7375
Assuntos: Recursos minerais / Materiais de construção / Cerâmica / Argilas / Região de Torres Vedras (Portugal) / Região do Bombarral (Portugal)
URL: http://hdl.handle.net/10400.9/3034
Cota: 14-s438LGM-NBAH 36808
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: PT|Lisboa

Outro(s) autor(es) : Lisboa, J. Vítor / Sardinha, Rui / Oliveira, A. / Carvalho, J. F.

Cartografia e caraterização composicional cerâmica de argilas comuns da região de Torres Vedras - Bombarral

Cartografia e caraterização composicional cerâmica de argilas comuns da região de Torres Vedras - Bombarral



Marcar

Autor: CARVALHO, Cristina
Título: Estudo da influência do nevoeiro salino nas propriedades de calcários portugueses / Cristina Isabel Paulo de Carvalho
Publicação: Lisboa : UNL-FCT, 2015
Descrição física: xxxiv, 160 p. : il., 108 figuras e 52 tabelas ; 30 cm
Resumo de autor: O nevoeiro salino é um agente de meteorização importante para a maioria dos materiais de construção. Os produtos em pedra natural não são exceção. A estrutura das rochas geralmente apresenta características texturais (rede de poros, microfissuras, fissuras, planos de xistosidade, etc.), que facilitam a penetração do nevoeiro salino na pedra e a condensação no seu interior. A presença da solução salina pode conduzir à degradação da rocha e em casos extremos, à sua total desintegração, através de mecanismos físicos decorrentes da cristalização de sais, da hidratação destes, ou de distintas dilatações/retrações térmicas entre sal e rocha. Contudo, a pedra também pode ser alterada por processos químicos, dos quais a dissolução dos carbonatos é um exemplo. Entre os principais tipos de rocha explorados em Portugal, os calcários são particularmente suscetíveis ao nevoeiro salino, posto que geralmente apresentam porosidades abertas com valores elevados e uma rede de poros que permite uma penetração mais profunda do nevoeiro salino na estrutura da pedra. O estudo do comportamento dos calcários ao nevoeiro salino assume particular importância em Portugal, devido ao facto do país possuir uma orla costeira extensa, grande parte da qual sob a influência de nevoeiro salino. É o litoral que apresenta a maior densidade populacional e, consequentemente, onde se concentram as construções. Além disto, Portugal possui vastas reservas de calcários ornamentais, que são utilizados em larga escala como materiais de construção, desde tempos imemoriais e cuja procura pelo mercado externo, tem vindo a sofrer um incremento significativo. Para este estudo foram selecionados seis calcários portugueses amplamente aplicados e com propriedades físico-mecânicas diferentes. Depois de analisadas as suas características petrográficas, químicas e as principais propriedades tecnológicas, os calcários foram submetidos aos seguintes ensaios de envelhecimento: choque térmico, gelo e nevoeiro salino. A determinação de todas as características tecnológicas através de normas europeias, permitiu uma análise crítica dos respetivos métodos de ensaio e a elaboração de propostas de melhoria de alguns dos métodos. No nevoeiro salino, a avaliação deste ensaio foi complementada com as determinações e análises a seguir apresentadas, não exigidas pela norma europeia: variações na absorção de água e na resistência à flexão; comparação do ensaio em três acabamentos superficiais distintos; análises comparativas de imagens macroscópicas da superfície, de imagens através de lupa binocular e de imagens de eletrões secundários, obtidas com recurso a microssonda eletrónica. Os resultados permitiram avaliar a aptidão dos calcários para os principais tipos de aplicações e, dentro de cada uma, para condições específicas de uso. Assim, foi possível definir as utilizações recomendadas para cada calcário, com o objectivo de maximizar a sua durabilidade. Os ensaios de envelhecimento possibilitaram determinar a resistência dos calcários perante várias condições climáticas específicas, incluindo as existentes em zonas costeiras. A análise detalhada dos resultados do nevoeiro salino reforça o conhecimento de que a porosidade aberta desempenha um papel determinante no comportamento dos calcários neste ensaio de durabilidade. Verificou-se, também, que os acabamentos superficiais grosseiros são mais suscetíveis ao nevoeiro salino, mas menos sensíveis às alterações cromáticas provocadas por este ensaio. Constatou-se que o nevoeiro salino gera perda de brilho nas superfícies com acabamento polido. Por fim, concluiu-se que a perda de massa registada por todas as amostras de calcário ensaiadas, ficou a dever-se essencialmente a processos de dissolução do CaCO3.
Notas diss.ou tese: Dissertação para obtenção do Grau de Doutor em Geologia. Orientadores: Zenaide Carvalho Gonçalves da Silva e Joaquim António dos Reis Silva Simão
ISBN: (Brochado)
Assuntos: Pedra natural / Calcários / Nevoeiro salino / Degradação / Durabilidade / Portugal / Teses
URL: http://hdl.handle.net/10400.9/3033
Cota: 14-626LGM-NBAH 36807
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: PT|Lisboa

Estudo da influência do nevoeiro salino nas propriedades de calcários portugueses

Estudo da influência do nevoeiro salino nas propriedades de calcários portugueses



Marcar

Autor: MARQUES, Branca Edmée
Título: A água termal do Estoril : contribuição para o seu estudo físico-químico, acompanhada duma breve notícia geo-hidrológica / Branca Edmée Marques (de Sousa Torres)
Publicação: Lisboa : Empresa Nacional de Publicidade, 1932
Descrição física: 12 p. : il., figuras, fotos, esboços e perfis geológicos e 2 quadros ; 30 cm
Notas ed.e hist.bibliográfica: Sep. de: Arquivo da Universidade de Lisboa
Assuntos: Água termo-mineral / Hidrogeologia / Análise de água / Propriedades químicas / Estoril (Portugal)
Cota: 15-s277LGM-NBAH 36801
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: PT|Lisboa

A água termal do Estoril...

A água termal do Estoril...



Marcar

LATERITOS DA GUINÉ-BISSAU
Título: Lateritos da Guiné-Bissau : morfologia e geodiversidade [poster] / Paulo Hagendorn Alves... [et al.]
Publicação: Lisboa : ISAPress, 2015
Descrição física: [1] p. : il. ; 30 cm
Notas ed.e hist.bibliográfica: Poster apresentado no Simpósio O Solo na Investigação Científica em Portugal, Lisboa, Instituto Superior de Agronomia, 27 de Novembro de 2015. Abreu, M. M., Fangueiro, D., Santos, E. S. (Eds.) O Solo na Investigação Científica em Portugal, Comemorações do Ano Internacional dos Solos. ISAPress, Lisboa
Assuntos: Geomorfologia / Geodiversidade / Lateritos / Cenozóico / Guiné-Bissau
URL: http://hdl.handle.net/10400.9/2928
Cota: 9-s280LGM-NBAH 36791
Tipo de documento: Texto impresso
País de publicação: PT|Lisboa

Outro(s) autor(es) : Alves, Paulo Hagendorn / Silva, Teresa Pereira / Figueiredo, M. Ondina / Ramalhal, Fernando J. S.

Lateritos da Guiné-Bissau : morfologia e geodiversidade

Lateritos da Guiné-Bissau : morfologia e geodiversidade



Marcar